O que é locução de rádio?

Geralmente, as pessoas já imaginam os narradores de programa futebolístico quando falamos sobre locutor de rádio. No entanto, essa profissão é muito mais ampla do que isso.

O locutor é todo o profissional responsável pela transmissão de informações, comentários, entrevistas, interação pelo público e pelas propaganda de determinada estação radiofônica.

Ou seja, é todo aquele que empresta a sua voz para envolver os ouvintes na programação e nos anúncios.

Como é a locução de Rádio?

É um ofício tão importante que é regulamentado pela Lei nº 6.615, de 1978, que a divide em 6 categorias:

Locutor Anunciador: ele é quem realiza a leituras de anúncios publicitários nos intervalos da programação. Locutor Apresentador Animador: ele apresenta e anuncia a programação, chamando o público para se engajar com ela. Ele também pode realizar entrevistas e interações com o público por meio de ligações telefônicas. Locutor Comentarista Esportivo: comenta os eventos esportivos, além de informações comerciais dos patrocinadores de determinado campeonato esportivo. Locutor Esportivo: é certamente a profissão mais famosa do mundo do rádio, ele narra e comenta os eventos esportivos ao vivo. Além disso, ele  pode participar de debates e mesas-redondas antes e depois dos jogos. Locutor Noticiarista de Rádio: são os jornalistas que leem as noticias durante os programas especializados. Locutor Entrevistador: é aquele que tem programas de entrevista em que, além de conversar com convidados, também pode comentar os fatos de determinada área, como política e moda.

A voz será a sua ferramenta essencial, porém você precisará criar um diferencial para se destacar da concorrência.

Quais as habilidades um locutor de rádio precisa ter?

Isso envolve algumas estratégias e habilidades que não necessariamente estão diretamente envolvidas com a capacidade vocal. Confira!


Saber Agregar Valor


Olhe um hobbie para se conectar ao público,  para ser um influenciador.

O primeiro passo é você pensar em algo que o diferencie dos demais locutores. Você pode, por exemplo, analisar seus hobbies e ver se algum deles é capaz de atrair atenção para você.

Por exemplo, eu não comecei imediatamente como locutora de rádio, tinha um programa relacionado à moda e comportamento em um inserção de 3 a 5 minutos nesse meio.

No entanto, minha voz acabou chamando atenção e pude começar a sua carreira.

Atualmente, lembre-se de que você pode não precisa começar a sua carreira diretamente na rádio, pois a Internet tem várias ferramentas para lhe ajudar.

Então, você pode começar criando podcasts e vídeos em que você comenta sobre assuntos do público que você quer atrair.

Se for esporte, por exemplo, faça um Instagram e um canal no Youtube em que comente os jogos de futebol daquela semana. Invista bastante no sucesso nesses canais, pois, em algum momento, você acabará chamando atenção de recrutadores de locução.

Ao mesmo tempo, você também deverá continuar o trabalho de entregar currículos e investir em capacitação.

Criar Um Diferencial

Portanto, o diferencial é aquilo que tornará você um profissional raro no mercado, de modo que as empresas vão disputar para ter você no quadro de funcionários.

Porém, o caminho para chegar nesse nível demanda bastante investimento em você. No tópico anterior, explicamos o primeiro passo.

Você deve se analisar e fazer uma análise FOFA a seu respeito:

Forças; Oportunidades; Fraquezas;

Ameaças.

Forças

Esses são aqueles pontos em que você têm vantagem sobre seus concorrentes.

Por exemplo, aqui podem ser elencados um maior capital para investir em cursos, mais tempo para treinar , experiência anterior, cursos de capacitação, apoio da família, etc. Ou seja, é tudo que fará seu caminho mais fácil.

Se você considerar que ainda não tem muitas condições internas favoráveis, não se esqueça de que você pode criá-las.

Assim, você pode fazer algum trabalho freelancer para acumular dinheiro para realizar cursos, fazer treinamentos online em cursos reconhecidos pelo mercado…

Oportunidades

As oportunidades são os fatores externos que facilitam sua jornada.

Por exemplo, atualmente, as rádios estão procurando narradores que saiam do perfil tradicional, unindo um humor politicamente correto com descontração durante os jogos.  


Portanto, se você focar nessa área, haverá um nicho favorável e o crescimento da carreira se torna mais simples.

Por isso, com um trabalho intenso de pesquisa, você encontrará várias oportunidades que vão além do óbvio. Isso vai ajudar a diferenciá-lo na hora de conseguir um emprego.

Fraquezas

As fraquezas são todos aqueles obstáculos pessoais que o atrapalharão a chegar ao seu objetivo.

As faltas de formação e de experiência na área costuma ser os principais empecilhos na hora de conseguir uma vaga no rádio.

Ainda assim, na maioria das vezes, são fatores reversíveis. Por essa razão, você precisará criar um plano de carreira para superá-los e fortalecer os pontos fortes.

Ameaças

As ameaças são os fatores externos que prejudicam a sua carreira.

No caso da rádio, a principal certamente tem sido a dificuldade do setor em concorrer com a Internet e os smartphones.

Contudo, para ter sucesso na carreira, você precisará transformar uma ameaça em uma oportunidade. Então, conheça o perfil do público que ainda é fiel ao rádio e ofereça um produto para eles.

Por exemplo, muitas pessoas preferem as narrações futebolísticas do rádio e assistem aos jogos com a TV no mudo. Isso porque, para compensar a falta de imagem, os locutores acabam emprestando mais emoção e dinâmica à narração.

Ao contrário do que diz o preconceito do senso comum, as mulheres e os LGBT são o público que mais cresce no mundo dos ouvintes de futebol. Então, as rádios têm buscado profissionais que evitam piadas de mau gosto nesse sentido.

Estudar A Voz

Por fim, você não deve deixar de estudar a sua voz, pois ela pode ser mais adequada a determinadas atividades.

Há pessoas que já ouviram que sua voz é mais sensual, então elas são ideais para ler cartas românticas durante programas de namoro, os quais são bem comuns no rádio.

Além disso, há emissoras investindo bastante na leitura de histórias na programação. Então, quem sabe manipular a voz para deixá-la mais melódica se beneficia.

Trabalhar como locutor de rádio não é tão complicado quanto parece. Se você ouve as pessoas falando que sua voz é bonita, não tenha medo de seguir a carreira. O mercado de trabalho atual continua promissor, pois, apesar da Internet, o rádio tem um público bem fiel.

Além disso, a locução poderá se aliar a diversas outros interesses seus, como o jornalismo e o esporte. Por essa versatilidade, as pessoas com sede de conhecimento e de aprendizado acabam se destacando.

Se for o seu caso, comece a investir na carreira. Para isso, preparamos um passo a passo para ser um locutor profissional! Esperamos que você goste!

© 2020   |   reginabittar.com.br    |    falecom@reginabittar.com.br

logo-ico.png
  • Facebook - círculo cinza
  • Instagram - Cinza Círculo
  • YouTube - círculo cinza
  • Twitter - círculo cinza
  • LinkedIn - círculo cinza